Webmail

Servidores vão à luta contra a liquidação do Estado
25/10/2007

Na tarde de ontem, centenas de funcionários públicos fizeram uma marcha até as portas do Palácio Piratini, em Porto Aelgre.  Os trabalhadores protestaram contra o pacote de aumento de impostos proposto pela governadora Yeda Crusius. 

O peso dos impostos, como sabemos, recai com força muito maior sobre os próprios trabalhadores e a população em geral.  Os grandes empresários acabam se safando desses tarifaços ao embutirem os impostos que pagam no preço dos produtos que vendem. 

Gritando 'chega de liquidar o Estado", os trabalhadores também denunciaram à população a política de destruição do Estado e dos serviços públicos que vem sendo implementada por Yeda.

O protesto foi organizado pelo Semapi (Sindicato dos Empregados em Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas e de Fundações Estaduais do RS) que encerrou uma greve de vinte quatro horas.

Os funcionários públicos do Rio Grande do Sul estão organizando, para o dia 07 de novembro, uma greve contra o pacote de Yeda e contra o desmonte da educação pública.