Webmail

Lucro do Itaú Unibanco cresce 39,5% e atinge R$ 6,3 bilhões no 1º semestre
04/08/2010

O lucro líquido do Itaú Unibanco aumentou 23% no segundo trimestre de 2010, na comparação com o mesmo período de 2009. O banco apurou ganho líquido de R$ 3,165 bilhões entre abril e junho deste ano, ante lucro de R$ 2,571 bilhões no mesmo período do ano passado. No semestre, o lucro da instituição financeira cresceu 39,5%, para R$ 6,399 bilhões. 

"Os maiores bancos do país vêm sistematicamente apresentando resultados estrondosos, como o atingido pelo Itaú Unibanco nos primeiros seis meses deste ano. No entanto, não observamos contrapartidas na direção de suas responsabilidades sociais", destaca o funcionário do Itaú Unibanco e secretário de finanças da Contraf-CUT, Roberto von der Osten (Betão). 

Para ele, os bancos precisam colocar as pessoas em primeiro lugar e, por exemplo, ampliar sua presença nos municípios não atendidos, promovendo o conceito adequado de bancarização, que não pode ser feito por meio dos correspondentes bancários. "É dever dos bancos melhorar o atendimento, bem como acabar com a pressão pelo cumprimento das metas abusivas impostas aos seus empregados, dentre outras questões", afirma Betão. 

Mais números do balanço

Os números incluem fatores extraordinários como provisões para contingências. Se esses elementos forem desconsiderados, o lucro recorrente no segundo trimestre foi de R$ 3,298 bilhões, volume 35,7% maior no confronto com abril-junho de 2009 (R$ 2,429 bilhões) e 4,1% superior ao ganho recorrente do primeiro trimestre de 2010, que somou R$ 3,168 bilhões. Por este critério, o retorno sobre o patrimônio líquido médio anualizado foi de 24,4% no segundo trimestre. 

Ainda em termos recorrentes, o Itaú Unibanco teve lucro de R$ 6,466 bilhões de janeiro a junho, o que representa uma alta de 29,5% ante o ganho em termos ajustados do primeiro semestre de 2009, de R$ 4,99 bilhões.

A carteira de crédito do banco aumentou 4% na comparação com março, para R$ 296,2 bilhões. Em relação a junho de 2009, o estoque de empréstimos da instituição avançou 11,4%. Segundo o relatório de resultados do banco, um dos destaques foi o crédito imobiliário, cujo saldo de operações subiu 12,1% no trimestre, para R$ 10,5 bilhões. 

As provisões para liquidação de créditos duvidosos acompanharam o crescimento da carteira de crédito e avançaram R$ 153 milhões no trimestre, para R$ 4,019 bilhões. O Itaú Unibanco encerrou o mês de junho com ativos totais de R$ 651,58 bilhões, com alta de 9,3% em 12 meses e de 2,7% na comparação com o fim de março.


Fonte: Contraf-CUT com Valor Econômico – 03/08/2010