Webmail

Sindicato de Alagoas denuncia atendimento discriminatório na Caixa ao BC
24/03/2010

O Sindicato dos Bancários e Financiários de Alagoas abriu procedimento investigativo contra a Caixa Econômica Federal, em Maceió, devido à denúncia de que seus gerentes estão orientando os empregados para não receberem documentos cujos valores sejam inferiores a R$ 1 mil. A denúncia foi encaminhada para a regional Alagoas do Banco Central.

Conforme o Sindicato, logo na entrada os clientes são abordados pelo pessoal de segurança, os quais, após comunicarem a determinação da Caixa, impedem o seu acesso à agência. A reclamação é feita tanto pelos associados do Sindicato como por clientes, que exigem uma explicação da Caixa para esse tipo de discriminação no atendimento. Além da discriminação, a utilização de vigilantes para a triagem de clientes é totalmente ilegal. A função desses trabalhadores é atuar na segurança do estabelecimento, de acordo com o plano de segurança aprovado na Polícia Federal.

 

Fonte: Seeb Alagoas - 23/03/2010