Webmail

Bradesco tem novo trimestre de lucro recorde, com R$ 2,1 bilhões
29/04/2008

Foi divulgado nesta segunda-feira, dia 28, balanço do primeiro trimestre de 2008 do Bradesco. O banco obteve um lucro líquido de R$ 2,102 bilhões, o que representa um crescimento de 23,3% em relação ao mesmo período de 2007. O ganho foi considerado recorde por especialistas econômicos, o que não é novidade para o banco: em 2007, o lucro de R$ 1,705 bilhão apurado pelo banco no primeiro trimestre do ano já havia sido inédito.

Para Geraldo Pereira, diretor da Contraf-CUT e funcionário do Bradesco, esse novo recorde de lucratividade deixa clara a falta de vontade do banco em atender as reivindicações de seus trabalhadores. “A cada trimestre a lucratividade aumenta e o banco prefere simplesmente ignorar as demandas de seus funcionários”, afirma Geraldo.

Ele conta que já no ano passado, a Contraf-CUT avaliou que se o banco investisse apenas 5% de seus ganhos, teria como criar um programa de auxílio-educação, demanda antiga de seus funcionários e já conquistada em todos os outros grandes bancos brasileiros. “O Bradesco tem deixado claro com suas ações que não valoriza seus trabalhadores e não quer investir neles”, avalia Geraldo.

Fonte: Contraf-CUT

28/04/2008