Webmail

Defesa da democracia e dos bancos públicos é consenso entre bancários da Caixa e do BB
03/07/2017

Congressos nacionais dos trabalhadores de ambos os bancos ocorreram entre 30/6 e 2/7, em São Paulo

O 33º Congresso Nacional dos Empregados da Caixa Econômica Federal (Conecef) e do 28º Congresso Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (CNFBB), encerrados no domingo (2), aprovaram entre suas resoluções a defesa da democracia e a realização imediata de eleições diretas para substituição do Presidente da República e dos membros do Congresso Nacional. Outro ponto comum nos dois congressos é o aprofundamento da campanha em defesa dos bancos públicos.

“Esse foi um dos melhores congressos que já vimos acontecer. Em um momento muito importante que estamos vivendo no Brasil, um momento de golpe, no qual a democracia e o emprego estão em risco, os trabalhadores se reuniram para se organizar e, juntamente com a Contraf-CUT e com o Comando Nacional, fazer a luta em defesa dos bancos públicos e, principalmente, da democracia. Aqui, hoje, dissemos fora Temer e Diretas já!”, afirmou Roberto von der Osten, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT).

Para Wagner Nascimento, coordenador da Comissão de Empresa de Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), o CNFBB ratificou o debate que já vinha sendo feito sobre a defesa dos bancos públicos e dos funcionários contra as consequências do desmonte do Banco do Brasil. “Debatemos também várias propostas sobre saúde do trabalhador, Cassi, Previ e a luta contra a terceirização", disse.

O coordenador da Comissão Executiva de Empregados (CEE/Caixa), Dionísio Reis, ressaltou que, mais uma vez, o Conecef foi marcado por um amplo processo de discussão e unidade. “Tivemos a participação de mais de 600 trabalhadores, se considerarmos as assembleias, encontros estaduais e o próprio congresso. Os trabalhadores saem fortalecidos para a luta pelos seus direitos”, afirmou.

O presidente da Contraf-CUT lembrou ainda que o Conecef e o CNFBB têm grande importância na construção da campanha nacional unificada da categoria. "Os delegados aqui presentes representam quase metade do conjunto dos bancários brasileiros. Muito do que foi discutido no Conecef e no CNFBB é pauta entre os funcionários dos demais bancos, tanto públicos quanto privados", ressaltou von der Osten.

As comissões de representação dos trabalhadores dos respectivos bancos, juntamente com a Contraf-CUT e o Comando Nacional dos Bancários, darão andamento às resoluções dos congressos e também são as responsáveis pela difusão das mesmas entre os empregados da Caixa e funcionários do BB.

Leia também:

      > 28º CNFBB aprova propostas de ações nacionais

      > Bancários da Caixa se unem pelas Diretas Já

Veja o vídeo:

      > Alguns momentos do Conecef e do CNFBB

 

Fonte: Contraf-CUT – 03-07-2017