Webmail

COE do HSBC cobra negociações com o banco
07/02/2008

A Comissão de Organização dos Empregados do HSBC (COE HSBC) e a Contraf-CUT entraram em contato com a direção do banco inglês para cobrar uma rodada de negociações com o objetivo de resolver os problemas que assolam os funcionários do banco em todo o país.Boa parte das reivindicações já foi feita ao banco há muito tempo, mas o HSBC insiste em não resolver as pendências. Uma das reivindicações dos bancários é a apresentação de um novo plano odontológico. O banco havia se comprometido em apresentar um novo modelo em janeiro, mas nada foi apresentado até agora.Também entre os problemas que os bancários esperam resolver estão a Revisão do Modelo Operacional (RMO), a ampliação da Bolsa Educação e a implementação do GT de Segurança e PCS (Plano de Cargos e Salários), entre outras questões.

”Precisamos estabelecer uma agenda de negociações e mobilizarmos as nossas bases. O HSBC, que deseja ser uma das melhores empresas do ramo financeiro para se trabalhar, vai ter que avançar em muitas reivindicações do conjunto de trabalhadores do banco”, alerta Lúcio Paz, membro do Coletivo Estadual do HSBC e Diretor Jurídico do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região (SindBancários).

Fonte: FEEB-RS, com informações do COE HSBC