Webmail

Lucro da Caixa cresce 46,1% e atinge R$ 1,2 bilhão
11/05/2012

A Caixa Econômica Federal divulgou nesta quinta-feira (10) o balanço do primeiro trimestre, no qual registra lucro de R$ 1,2 bilhão, com crescimento de 46,1% em relação ao mesmo período do ano anterior. O demonstrativo também acusa retorno de 25,3% sobre o patrimônio líquido médio.


A carteira de crédito evoluiu 7,7% de janeiro a março e fechou o trimestre com estoque de R$ 270 bilhões, com expansão de 41,1% nos últimos 12 meses. Com isso, a Caixa aumentou sua participação no mercado de crédito de 10,9% para 13% em um ano.

De acordo com nota divulgada pela Caixa, as receitas com operações de crédito totalizaram R$ 8,2 bilhões no trimestre (31,7% a mais que no primeiro trimestre de 2011) e as rendas com prestação de serviços contabilizaram entradas de R$ 3,3 bilhões, com expansão de 18,6%.

Os números do balanço mostram ainda ativos administrativos de R$ 1,1 trilhão, dos quais R$ 558,1 bilhões são ativos próprios, que evoluíram 29,4% na comparação com igual período de 2011. Os outros ativos são R$ 300,7 bilhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e R$ 161,4 bilhões em fundos de investimento.

O saldo das cadernetas de poupança depositadas na Caixa chegou a R$ 154,7 bilhões no final de março, o que equivale a crescimento de 16,7% nos últimos 12 meses. Com isso, o banco oficial detém 36,1% de todos os depósitos de poupança.

De acordo com a nota divulgada, o presidente da instituição, Jorge Hereda, ressalta que "a Caixa confirma, na prática, que a sua estratégia está dando certo, que é possível ser um banco público eficiente e com bons resultados".

Exemplo disso, segundo ele, foi a evolução, em um ano, de 17,5% do patrimônio líquido consolidado, hoje de R$ 20,5 bilhões. Citou também a presença do banco em todos os 5.565 municípios do país, com agências ou alguns dos 45,7 mil pontos de atendimento.


*Contraf-CUT