Webmail

Encontro sobre Saúde Bancária definiu resoluções à Conferência Nacional
29/07/2008

O encontro temático de saúde decidiu os tópicos a serem encaminhados à 10ª Conferência Nacional dos Bancários, que são:

Eixos específicos  

- Combate ao assédio moral e outras formas de violência organizacional e às metas abusivas;

- Isonomia de direitos entre bancários afastados por motivos de saúde e bancários da ativa;

- Prevenção/Reabilitação.

Também será encaminhada a proposta em defesa da jornada de seis horas diárias como um dos eixos da campanha geral, pois além de ser importante como forma de geração de emprego, é determinante na promoção de melhores condições de saúde.

Formas de mobilização

Estabelecer indicativamente a semana de 25 a 29 de agosto como “Semana em Defesa da Saúde e Condições de Trabalho dos Bancários”, com atividades em todas as bases sindicais, sem perder de perspectiva a priorização da defesa da saúde durante toda a Campanha.

Uma das alternativas é de em um dos dias da semana promover um dia nacional de doação de sangue. Todos os materiais de mídia da Campanha deverão demarcar a defesa da saúde.

Outras ações  

- Estimular os trabalhadores a ingressarem na justiça com ação acidentária, difundindo dentre outras coisas, informações sobre os trâmites necessários; 

- Exigir cumprimento das Normas Regulamentadoras (NR’S) do Ministério do Trabalho e Emprego, sobretudo a que trata do SESMT (Serviço de Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho);

- Retomada das negociações sobre Saúde do Trabalhador Bancário com as propostas de isonomia de direitos;

- prevenção/reabilitação e assédio moral/violência organizacional e metas.

Também foram discutidas as cláusulas de saúde da minuta, que depois de debatidas e referendadas na plenária, comporão o documento final a ser entregue para a Fenaban, devendo ser divulgada posteriormente.

Fonte: Rede de Comunicação dos Bancários Júnior Barreto - Contraf/CUT 25/07/2008

 

Conferência aprovou resoluções definidas no Encontro de Saúde

Bancários querem isonomia de direitos para trabalhadores afastados e período de estabilidade maior

A Plenária geral da 10ª Conferência Nacional dos Bancários aprovou por unanimidade as resoluções na área de Saúde e Condições de Trabalho, propostas pelo encontro temático realizado na última sexta-feira (25), em São Paulo.

As resoluções enfocam três eixos: combate ao assédio moral e outras formas de violência organizacional; fim das metas abusivas; isonomia de direitos para os bancários afastados por motivos de saúde e bancários da ativa; prevenção de doenças relacionadas ao trabalho e ações para a reabilitação dos trabalhadores.

Mobilização

A plenária também deliberou pela realização de uma semana específica de mobilização em defesa da saúde e condições de trabalho dos bancários, no período de 25 a 29 de agosto, com atividades em todas as bases sindicais do País.

Minuta específica

Os delegados e delegadas da 10ª Conferência Nacional também aprovaram a minuta de reivindicações na área da Saúde, que serão defendidas nas negociações com a Fenaban. Entre os principais itens do documento está a ampliação do período de estabilidade para os trabalhadores que retornam de licenças médicas para dois anos; manutenção do plano de saúde para aposentados; desenvolvimento de campanhas de prevenção às doenças do trabalho e o fim das metas abusivas.

Para o diretor de Saúde da Federação dos Bancários RS, Amaro Souza, que integrou a coordenação da mesa de Saúde da plenária geral, as resoluções aprovadas contemplam as propostas definidas pelos bancários gaúchos na Conferência Estadual. “Após um amplo debate, conseguimos unificar as propostas e formular as resoluções. Várias ações aprovadas já estão inseridas no projeto de Saúde da Feeb/RS e sindicatos filiados. Isto demonstra o nosso acúmulo e experiência na área da Saúde Bancária”.

Fonte: Marisane Pereira/Feeb-RS - 27/07/2008