Webmail

Brigada Militar feriu 9 sem-terra no norte do Estado
24/10/2007

Uma ação da Brigada Militar, entre as cidades de Carazinho e Sarandi, na região Norte do Estado, deixou nove sem-terra feridos nesta quarta-feira (24). No final da manhã, 600 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) que estavam desde a semana passada em Sarandi voltaram a marchar em direção à Fazenda Coqueiros, pela BR-386. Quando as famílias chegaram perto de Carazinho, foram barradas pela Brigada. Segundo relato do MST, policiais dispararam balas de borracha e bombas de gás nos sem-terra. Nove pessoas ficaram feridas. 

Segundo Nilton Lima um dos coordenadores da caminhada, a ação da Brigada foi truculenta, já que as famílias estavam seguindo a marcha em direção à Fazenda Coqueiros pacificamente. Além disso, acrescentou, ainda não tinham entrado na Comarca de Carazinho, onde um interdito proibitório impede a aproximação dos sem-terra. “Quem estava ilegal era a Brigada Militar porque, pelo que havia sido acordado com a Justiça, os policiais deveriam ficar no limite com a cidade de Almirante Tamandaré e não em Carazinho”, disse ainda Lima. No início da tarde, a BR-386 permanecia totalmente trancada pela Brigada Militar na divisa entre Carazinho e Sarandi.

Fonte: blog http://rsurgente.zip.net - marco aurélio weissheimer