Webmail

Banrisulenses aprovam estudo do GT Carreira
30/05/2011

Os 230 banrisulenses que participaram do 1º Seminário Nacional sobre Plano de Carreira, no último sábado, em Porto Alegre, aprovaram as propostas iniciais apresentadas pelo Grupo de Trabalho Carreira. Criado em abril deste ano, o Grupo de Trabalho segue os passos do GT PCS Caixa, que elaborou o Placar, um conjunto de propostas a partir das expectativas dos empregados para construção do novo Plano de Cargos e Salários na Caixa.

 

O GT Carreira é composto por delegados e dirigentes sindicais do Banrisul, dois banrisulenses da ativa, e assessorias técnicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Dieese. O grupo tem realizado reuniões semanais na Fetrafi-RS, a fim de subsidiar os debates da Comissão Paritária sobre Quadro de Carreira no Banrisul, que é integrada por representantes do Banco e do movimento sindical.

As propostas elaboradas pelo GT foram baseadas nos principais problemas apontados pelos funcionários do Banrisul nos fóruns deliberativos do segmento. De acordo com o estudo preliminar do GT, a defasagem do Quadro de Carreira, criado há 53 anos, exige a definição de novas projeções de salário e de progressão profissional no banco. O GT também propõe que o novo Plano contemple a democratização das relações de trabalho, a visão de banco público e melhore as condições profissionais.

 

 

 

Veja algumas das propostas aprovadas pelos banrisulenses no Seminário:

 

  • · Definição de novos critérios para mudança de função e cargos;

  • · Transparência no comissionamento;

  • · Determinação de novas regras para as promoções por merecimento e antiguidade;

  • · Isonomia na concessão do Anuênio;

  • · Transversalidade entre as carreiras administrativa, comercial e direção geral;

  • · Perspectivas de crescimento horizontal;

  • · Melhoria do piso de ingresso;

  • · Possibilidade de ascensão e crescimento profissional;

  • · Mudanças nos critérios de metas, cálculo e distribuição da remuneração.


*Imprensa Fetrafi-RS