Webmail

Assinado o acordo de PLR do Banco do Brasil
11/10/2007

Foi assinado no início da tarde desta quinta-feira, dia 11, o acordo de Participação nos Lucros e Resultados (PLR) dos funcionários do Banco do Brasil. A solenidade foi na sede da Contraf-CUT e os representantes dos bancários cobraram do BB o pagamento imediato da primeira parcela do benefício. O banco tem dez dias para creditar o dinheiro, mas garantiu que efetuará o pagamento o quanto antes.

"O BB se comprometeu a agilizar o pagamento da primeira parte da PLR e esperamos que o crédito seja feito logo. Essa Participação nos Lucros e Resultados é mais uma conquista da mesa de negociações específicas, que nos garantiu um benefício adicional ao da Fenaban pelo quarto ano consecutivo. Vale lembrar que até alguns anos atrás, os funcionários do BB tinham um modelo de PLR provisório e recebíamos menos que os colegas dos bancos privados", analisa Marcel Barros, coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB.

O acordo garante uma Participação nos Lucros e Resultados de R$ 878, mais 80% do E6 para escriturário, ou este percentual do E6 mais comissão de caixa para os caixas, ou 80% do Valor de Referência para os comissionados. Além da regra básica, o Banco do Brasil vai distribuir 4% do lucro líquido de forma linear para todos (o equivalente a R$ 1.168,92 por funcionário), garantindo no mínimo um VR para quem cumpriu o acordo de trabalho (ATB). A primeira parcela da PLR será paga em até dez dias após o acordo; a segunda será em março.

*Contraf-CUT