Webmail

Comando Nacional e CEE definem calendário de negociações com a Caixa
27/08/2010

Em negociação nesta quarta, em Brasília, foram agendadas reuniões para o dia 3 de setembro, sobre saúde do trabalhador, e para o dia 10, com foco na isonomia de direitos 

O Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Contraf-CUT, deu início nesta quarta-feira, 25, às negociações específicas com a Caixa Econômica Federal. A reunião, realizada em Brasília, estabeleceu o calendário para as negociações durante a Campanha Nacional dos Bancários 2010. 

Foram agendadas duas rodadas para as próximas semanas, que serão realizadas na sequência das negociações da mesa principal entre o Comando e a Fenaban. O primeiro encontro ficou marcado para o dia 3 de setembro e terá como foco os temas de Saúde do Trabalhador e Condições de Trabalho, podendo ainda entrar outras cláusulas da pauta de reivindicações específicas. O outro encontro ocorrerá no dia 10 de setembro, tendo como principal tema a discussão dos itens de Isonomia de Direitos. Outras datas serão definidas de acordo com o andamento da Campanha Nacional. 

Pendências 

Os trabalhadores também discutiram com o banco pontos pendentes da mesa de negociação permanente. Um dos itens debatidos foi a instalação dos Comitês de Combate ao Assédio Moral. Os trabalhadores propuseram ao banco que os debates sejam encaminhados concomitantemente às discussões com a Fenaban.

Outro tema abordado foi a promoção por merecimento, considerado pelos trabalhadores como o ponto negativo da discussão. A Caixa não trouxe respostas para possibilitar a implementação das promoções.

O representante dos empregados gaúchos na reunião foi o diretor do Sindicato dos Bancários de Santa Maria, Marcello Husek Carriòn. Segundo ele a Caixa já acenou a possibilidade de não conceder promoções por mérito este ano. "A empresa alega que isso se deve ao custo de implantação do PFG. Só que isso não é correto porque os empregados que não têm função serão discriminados", observa o dirigente.


Fonte: Fenae com edição da Fetrafi-RS - 26/08/2010