Webmail

Na quarta-feira, trabalhadores realizaram o Dia do Amarelo
27/08/2010

Esta quarta-feira marcou o início da Campanha Salarial 2010 para os banrisulenses. Desde o início da manhã foram realizadas panfletagens pelo Dia do Amarelo em todo o estado. Já às 16h, o Comando dos Banrisulenses efetuou a entrega da pauta de reivindicações específicas dos funcionários ao diretor da Unidade de Gestão de Pessoas, César Antônio Cechinato; ao superintendente, Ademar Sartori e ao gerente da Unidade, Gaspar Saikoski.  Clique aqui e veja a galeria de imagens!

Participaram do ato de entrega, ocorrido no auditório do 4º andar da Direção Geral, diretores da Fetrafi-RS, SindBancários, Contraf-CUT e dos sindicatos do Vale do Paranhana, Rio Grande, Horizontina e Santa Maria. Também estiveram presentes delegados sindicais de agências da Capital.

Durante a entrega da pauta, o diretor da Fetrafi-RS, Carlos Augusto Rocha, destacou as principais reivindicações do documento. “Estamos aqui repassando esta pauta que está represada há alguns anos, com lutas históricas dos banrisulenses. Queremos discutir com o banco todos os assuntos que hoje afligem os funcionários do Banrisul, incluindo Fundação Banrisul e Cabergs”. Rocha também cobrou o imediato pagamento das promoções regulamentares de 2010. 

O presidente do SindBancários, Juberlei Baes Bacelo, lembrou a importância da assinatura do acordo aditivo com o Banrisul, selado após as negociações de 2009. “A renovação deste acordo é prioridade para o movimento sindical. Por isso, queremos estabelecer com a direção do banco um processo de negociação tranquilo e efetivo, que contemple todas as reivindicações aprovadas pelo 18º Encontro Nacional dos Banrisulenses. Desejamos chegar ao final desta campanha com avanços”, enfatizou Juberlei. 

O diretor da Fetrafi-RS, Amaro Souza, salientou que é preciso estabelecer um cronograma para o processo de negociação o mais breve possível. “Queremos retomar as rodadas específicas com a direção do banco agora, para contemplar nas discussões todos os itens da pauta, que é bastante extensa. A nossa expectativa é pela definição do cronograma até o fim deste mês, pois a Campanha Salarial dos Bancários já está nas ruas”, observou o dirigente. 

Em resposta às solicitações dos sindicalistas César Cechinato garantiu que haverá diálogo entre a Direção do Banrisul e o movimento sindical nesta Campanha. “Agradeço a todos vocês e afirmo que o banco dará o tratamento adequado à pauta recebida. Gostaria de me desculpar em função das mudanças de agenda. Felizmente o Banrisul está crescendo muito, de acordo com a proposta de ser o grande banco do sul do país. Isto prova que um banco sob controle público pode ser administrado com sucesso”. 

Assédio Moral 

Questionado sobre o crescente número de denúncias de assédio moral na rede de agências devido à imposição metas cada vez maiores, o diretor do Banrisul disse que esta não é uma cultura do banco. “Todas as questões envolvendo situações de assédio moral podem ser abordadas com a direção. Isto não faz parte da cultura do Banrisul, nem da direção do banco”, afirmou Cechinato. 

Os dirigentes sindicais salientaram que os banrisulenses já estão mobilizados para a Campanha Salarial 2010 e que depositam uma grande expectativa nas negociações específicas.

Dia do Amarelo 

Quebrando uma tradição de protestos com a temática do luto, nesta quarta-feira os banrisulenses trabalharam usando roupas de cor amarela em diversas unidades do estado. As atividades reivindicaram o fim das metas abusivas, o pagamento imediato das promoções e o retorno do programa de ginástica laboral. Em Caxias do Sul, os dirigentes sindicais percorreram as agências distribuindo balões amarelos aos bancários e clientes.

Fonte: Marisane Pereira - Mtb/RS9519 - Fetrafi/RS - 25/08/2010