Webmail

Dieese mostra por que o Brasil pode reduzir a jornada para 40 horas semanais
12/02/2010

A economia brasileira não apenas tem condições como a necessidade de reduzir a jornada de trabalho de 44 horas para 40 horas semanais sem diminuição do salário. É o que reafirma o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), em nota divulgada nesta sexta-feira a propósito da discussão que está sendo travada na Câmara dos Deputados, em que a CUT e demais centrais sindicais defendem a redução da jornada e as entidades empresariais se mobilizam para derrubar a proposta.

Para o Dieese, entre outras razões o Brasil pode diminuir a jornada sem reduzir os salários por causa dos salários baixos, do pequeno impacto da remuneração dos trabalhadores no custo total da produção, no aumento de 84% da produtividade na última década e no baixo custo dos encargos sociais da mão de obra.

Leia aqui o documento do Dieese. 


Fonte: Contraf-CUT, com Dieese – 11/02/2010