Webmail

Bancários do Santander e Real realizam dia nacional de luta nesta quarta
19/01/2010

Contraf-CUT, em conjunto com sindicatos, federações e Afubesp, realiza nesta quarta-feira, 20 de janeiro, o Dia Nacional de Luta dos Trabalhadores do Santander e Real, como forma de intensificar a pressão pela melhoria da proposta de aditivo à convenção coletiva e apresentação de uma proposta de PPR justo.

A atividade foi uma das deliberações da Plenária Nacional de Dirigentes Sindicais do Santander e Real, ocorrida na última terça-feira, dia 12, em São Paulo. Também foi aprovado o retardamento da abertura de agências e a realização de manifestações e protestos.

Para reforçar a mobilização, a Contraf-CUT divulga jornal eletrônico elaborado em parceria com o Sindicato dos Bancários de São Paulo. 

Clique aqui para ler o jornal Sindical - Santander e Real.

"É fundamental a participação de atividades em todo país, como forma de quebrar a intransigência do banco espanhol, que quer pagar R$ 1 mil de PPR para os bancários, enquanto distribui bônus milionários para os seus executivos", afirma o secretário de imprensa da Contraf-CUT, Ademir Wiederkehr.

Bom dia, Torre

Na última sexta-feira, dia 15, o novo prédio do Santander (foto), que custou mais de um R$ 1 bilhão, foi alvo do primeiro protesto dos bancários de São Paulo. A manifestação Bom Dia, Torre, organizada pelo Sindicato e outras entidades de representação dos trabalhadores foi uma espécie de boas vindas aos bancários que estão sendo transferidos para lá.


Fonte: Contraf-CUT – 18/01/2010