Webmail

Agências do Banrisul e do Banco do Brasil em Ibiraiaras foram assaltadas
16/07/2009

Na tarde de quarta-feira, 15, por volta das 14 horas, as agências do Banrisul e do Banco do Brasil da cidade de Ibiraiaras sofreram uma assalto simultâneo. Os assaltantes se utilizaram de um machado para quebrar as portas de vidro das agências. Uma vez dentro das mesmas, fizeram alguns disparos com o intuito de aterrorizar trabalhadores, clientes e vigilantes. Enquanto recolhiam o dinheiro, ainda usaram os trabalhadores como escudos humanos.  Após concretizado o roubo, fizeram quatro reféns, três trabalhadores do BB e um do Banrisul.  Na fuga, efetuaram novos disparos, em grande quantidade, contra uma viatura da Brigada Militar, contra uma loja ao lado das agências bancárias e contra um posto de gasolina localizado no outro lado da rua. Os reféns foram soltos numa estrada vicinal, a três quilômetros da cidade.

 

Na quinta-feira pela manhã, diretores do Sindicato dos Bancários de Passo Fundo e Região se deslocaram até a cidade de Ibiraiaras para levar o apoio da entidade aos funcionários dos dois bancos. Os diretores fizeram esclarecimentos aos trabalhadores quanto aos direitos que lhes assistem em situações como a que vivenciaram. Os trabalhadores foram alertados também quanto à necessidade de emissão da CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho) preventiva nos casos de assalto.

 

Neste mês de julho, já são três as agências bancárias assaltadas em cidades que fazem parte da base territorial do SEEB-Passo Fundo. Para a diretoria do Sindicato, essa situação de insegurança tem duas causas:

- A falta de investimento dos bancos na melhoria das condições de segurança nas agências e postos de atendimento bancários;

- A inexistência de uma política de segurança séria por parte do atual governo do Estado, de Yeda Crusius; as cidades menores estão quase que totalmente desguarnecidas e expostas à ação dos bandidos.

Secretaria de Imprensa e Divulgação