Webmail

Previ: trabalhadores do Banco do Brasil recorrem à Justiça
04/02/2009

Os funcionários do Banco do Brasil ingressaram nesta quinta-feira, dia 29, com mandado de segurança coletivo questionando a legalidade da medida do Ministério da Previdência Social que permite a retirada de dinheiro do fundo de pensão dos trabalhadores (Previ) com o objetivo de engordar o lucro do banco.

 

"O dinheiro da Previ é dos funcionários e deve trazer benefícios para os trabalhadores, não engordar o lucro do banco e os dividendos dos acionistas", afirma o diretor do Sindicato e funcionário do banco, Ernesto Izumi.

 

Negociação - Nesta quinta-feira também foram retomadas as negociações permanentes entre representantes dos funcionários e da direção do Banco do Brasil. A reunião resultou na instalação de mesas de debate sobre a terceirização dentro do banco e sobre a incorporação da Nossa Caixa, faltando definir a data da efetiva instalação. A direção do BB garantiu aos dirigentes sindicais que será dado o espaço e tempo necessário para que sejam discutidas todas as muitas questões específicas dos funcionários da Nossa Caixa, como anuênio, gratificação variável, impossibilidade de descomissionamento, acordo registrado na DRT, entre outras particularidades.

Fonte: SEEB São Paulo - 30/01/2009