Webmail

Brasil gasta com juros mais do que 8 vezes o que investe em educação
13/11/2008

Esses dados foram levantados pelo Ipea

O gasto público com juros entre 2000 e 2007 foi superior a todos os gastos somados na saúde, educação e investimentos. Foram R$ 1,27 trilhão com juros, R$ 310,9 bilhões com saúde, R$ 149,9 bilhões com educação e R$ 93,8 bilhões com investimentos. Os gastos com juros superam em oito vezes o que foi aplicado em educação e em 10 vezes os investimentos para o país crescer.

A pesquisa foi divulgada nesta quarta-feira pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), com base nos mesmos dados Sistema de Contas Nacionais (SCN) e para a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad).

O estudo do Ipea analisou a distribuição de renda do País e constatou que, entre 1990 e 2007, o rendimento médio mensal real dos 10% mais pobres cresceu 44,4% (de R$ 67 para R$ 97), enquanto dos 20% mais pobres aumentou 16,5%.

 

Já em relação aos 10% dos ocupados melhores remunerados, o rendimento médio mensal real registrou perda de 9,8% (de R$ 4.559 para 4.114). Para o 1% dos ocupados com maior rendimento, a queda foi maior, de 12,7% entre 1990 e 2007.

 

No período, a expansão média anual da renda nacional foi de 2,99%. Entre 1996 e 2001, a renda nacional cresceu, em média, 1,9% ao ano, fruto "das ações adotadas para enfrentar as crises financeiras da época, adicionadas à desvalorização do real e à contenção das importações", segundo o Ipea. Já de 2005 a 2007, a renda nacional aumentou 4,2% como média anual, estimulada pelo crescimento do mercado interno e das exportações.

 

Entre 2000 e 2006, a participação do rendimento do trabalho na renda nacional teve crescimento de 1%. De acordo com o estudo, a principal razão para o baixo desempenho da parcela do trabalho na renda nacional está relacionada à queda na remuneração dos trabalhadores ocupados nas empresas financeiras e nas famílias, com redução de 20% e 6,7%, respectivamente.

 

De 2000 a 2007, o pagamento de juros do endividamento público equivaleria à cerca de 7% da média do total da renda nacional por ano. Para o mesmo período, o total de gastos da União com saúde, educação e investimento correspondeu a somente 43,8% do total das despesas com juros, equivalente a quase 54% da renda nacional de 2006 (R$ 2,370 trilhões).

 

Fonte: Contraf-CUT - 12/11/2008