Webmail

HSBC abona dias de greve
30/10/2008

Em circular emitida na tarde desta terça-feira (28/10), o banco informa que os bancários não precisarão compensar os referidos dias no prazo compreendido entre a assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2008/2009 e 15/12/08, conforme proposta aprovada nas assembléias que suspenderam a greve nacional de 15 dias da categoria bancária.


"O abono é válido para os locais de trabalho em todo o país e vem reforçar a vitória dessa Campanha Nacional", afirma o diretor da Fetec/CUT-SP e representante dos funcionários do HSBC, Luciano Ramos.


Segundo o dirigente, durante a greve, os bancários do HSBC enfrentaram, a exemplo de outros bancos, as pressões das chefias para não aderirem ao movimento. "O que mais se ouvia falar era que haveria desconto dos dias parados. Só que os trabalhadores souberam enfrentar com coragem o terror dos puxa-saco, fazendo dessa greve uma das maiores dos últimos anos. Isso foi determinante para elevarmos uma proposta rebaixada e garantirmos aumento real e melhorias na PLR", conclui Ramos.


Os representantes sindicais estão entrando em contato com as direções dos demais bancos com intuito multiplicar a decisão da anistia.


CCT e aditivos - A assinatura da CCT 2008/2009, assim como os aditivos do BB e Caixa Federal, está prevista para esta quinta-feira (30/10), a partir das 15h, no Maksoud Plaza Hotel (Sala Pernambuco), em São Paulo.


Fonte: Lucimar Cruz Beraldo - Fetec SP