Webmail

A proposta de acordo apresentada pela CEF
28/10/2008

A proposta de acordo apresentada pela diretoria da Caixa Econômica Federal no dia 21 de outubro e aprovada pelas assembléias é a seguinte:

QUESTÕES ECONÔMICAS

Reajuste
 Reajuste de 10% para os bancários com remuneração atual de até R$ 2.500 e de 8,15% para os trabalhadores com remuneração atual acima de R$ 2.500,00.

Para as demais verbas, o reajuste seria de 8,15%, da seguinte forma:

- Auxílio alimentação/refeição de R$ 323,84 por mês para R$ 350,23

- Auxílio cesta alimentação de R$ 252,33 por mês para R$ 272,89

- 13ª cesta alimentação de R$ 252,23 por mês para R$ 272,89

- Auxílio creche de R$ 181,40 para R$ 196,18.

 

Aplicação do reajuste de 10% em todas as referências salariais do PCS da carreira administrativa e da carreira profissional, mantendo os percentuais entre as referências salariais. Dessa forma, o piso da tabela do PCS (Referência 201) passará de R$ 1.244,00 para R$ 1.369,00.

Reajuste do piso de mercado dos cargos em comissão componentes do TA1 a TA4 em 10% e a aplicação do reajuste de 10%, que representa 2,85 pontos percentuais acima da inflação.

Participação nos lucros e resultados – PLR

A regra para o pagamento da PLR Básica será de 90% da Remuneração Base - RB (12,5% de aumento na cota praticada em 2007), acrescida de parcela fixa de R$ 966,00 (aumento de 10% na parcela fixa) com teto de R$ 6.301,00 (aumento de 8,15%).

PLR Adicional

Além da PLR básica, será paga também parcela adicional calculada pela divisão de 8% da variação do lucro líquido de 2008 em relação ao de 2007 por empregado. A regra prevê o valor mínimo de R$ 1.320,00 e o máximo de R$ 1.980,00 por empregado.

Considerando-se a variação do valor nominal do lucro líquido da Caixa no segundo semestre de 2007 (R$ 1,7 bilhões) e primeiro semestre de 2008 (R$ 2,5 bilhões), dividindo 8% da diferença linearmente pelos 78 mil empregados do banco, atingiríamos cerca de R$ 820,00 para cada empregado.

PLR Total (Regra Básica + Parcela Adicional)

Com base nos valores de remuneração dos empregados e o lucro projetado para o ano de 2008, a PLR na Caixa deve ser paga com base no intervalo abaixo:

PLR Mínima de R$ 3.518,10

PLR Máxima de R$ 7.621,00

 

Antecipação da PLR

Em até 10 dias após a assinatura da Convenção Coletiva/Acordo Coletivo de Trabalho, será paga uma antecipação de parte da PLR anual, que será de 50%, por empregado, limitado a R$ 3.150,50.

QUESTÕES ESPECÍFICAS

Implantação de novo PCC

Será iniciada negociação para a construção de proposta para o PCC. O projeto será discutido até o dia 30 de junho de 2009, a implantação começará no segundo semestre de 2009 e será finalizada até dezembro 2009, condicionada a aprovação dos órgãos controladores.

Revisão da estrutura da carreira profissional

Revisão da atual estrutura da Carreira Profissional para implementação a partir do primeiro trimestre 2009, com base em pesquisa de mercado.

Aposentados e pensionistas

Auxílio-Alimentação para Pensionistas - Quando do falecimento de ex-empregado, aposentado após 1995, e que recebia o benefício por força de decisão judicial, a Caixa se compromete a estender o pagamento do Auxílio-Alimentação para pensionistas, independente de ingresso de ação judicial para tal fim.

13ª Cesta Alimentação

A Caixa assume o compromisso de estender o pagamento da 13ª Cesta Alimentação para os aposentados que já recebem o benefício cesta-alimentação por força de liminar ou decisão judicial definitiva.

Acordo auxílio-alimentação empregados admitidos antes de 1995

Será iniciado processo de negociação sobre proposta de acordo extrajudicial ou judicial com empregados que ingressaram na Caixa antes de 1995 e venham a se aposentar e se desligar da Caixa, para conciliação de demandas relacionadas ao benefício Auxílio-Alimentação.

Condições melhores de acesso ao crédito habitacional

A Caixa assume o compromisso de conceder crédito habitacional para os empregados adotando as melhores condições praticadas para seus clientes, observadas as diversas linhas de financiamento existentes.

Caixas de RETPV

Todos os empregados ocupantes do cargo em comissão de Caixa de RETPV serão transferidos para o PV e designados no cargo em comissão de Caixa PV.

O atendimento a essa reivindicação será viabilizado com a implantação do projeto de unificação das baterias de caixas do PV e RETPV, que resultará na criação de bateria única em cada Ponto de Venda.

 

Aplicando-se o novo reajuste, o Caixa PV passará a receber o piso de R$ 2.193,00. O Caixa de RETPV, ao ser designado no cargo de Caixa PV, terá acréscimo de ate 25,17% sobre a sua remuneração.

Inicialmente serão contempladas 400 agências em todo o país.

 

Portal na universidade caixa para dirigentes sindicais

A Caixa assume o compromisso de abrir acesso ao Portal da Universidade Corporativa Caixa para realização de cursos à distância, por empregados liberados para atuação como dirigente sindical Contraf/CUT.

Dias de greve

Quanto aos dias parados, o valor descontado relativo ao dia 30 de setembro será devolvido aos bancários até o dia 20/11. Além disso, a paralisação do dia 23 terá o mesmo tratamento dado aos demais dias de greve pela proposta da Fenaban, ou seja, compensação. No entanto, a compensação na Caixa será feita até o dia 16/12.

Fonte: Contraf/CUT