Webmail

Bancários aprovaram moção de repúdio à direção do SEEB-São Paulo
01/10/2008

Bancários e bancárias reunidos na assembléia da tarde de terça-feira, 30, aprovaram, por unanimidade, uma moção de repúdio à Diretoria do Sindicato dos Bancários de São Paulo.  Aquela diretoria decidiu por chamar o início da greve por tempo indeterminado somente para o dia 8 de outubro.

E essa decisão influiu na reunião do Comando Nacional dos Bancários realizada nesta quarta-feira.  O Comando também decidiu pela realização de assembléias somente na terça-feira, 7, para a deflagração da greve por tempo indeterminado a partir do dia seguinte.

Abaixo, o texto da moção enviada ao Sindicato de dos Bancários de São Paulo.

 

MOÇÃO DE REPÚDIO

 Os trabalhadores (as) Bancários (as) de Passo Fundo e Região, reunidos em Assembléia Geral Extraordinária, no dia 30 de setembro de 2008 repudiam a atitude anti-greve deliberada pela Direção do Sindicato dos Bancários de São Paulo, de iniciar a greve geral da categoria somente a partir do dia 08 de outubro de 2008. Uma decisão desta envergadura tomada pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, num momento decisivo da nossa luta, facilita a vida dos banqueiros e obstaculiza a luta dos Bancários (as). Atitudes como estas não contribuem em absolutamente nada para o fortalecimento da luta da nossa valorosa Categoria Bancária. Repudiamos a decisão burocrata e anti-classista tomada pela direção da entidade e lembramos os companheiros do Sindicato dos Bancários de São Paulo que somente mobilizados, organizados, unidos e na luta conseguiremos derrotar os banqueiros.

Agora é GREVE!

 

Sindicato dos Bancários de Passo Fundo e Região - RS