Webmail

Bancários do Rio protestaram contra o novo PAQ no BB
21/08/2008

Dirigentes do Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro (Seeb RJ) fizeram uma manifestação na última quinta (14) em frente ao Centro Cultural Banco do Brasil.  O protesto foi contra o chamado Plano de Adequação de Quadros que está sendo imposto aos funcionários da Gecex - Gerência de Apoio ao Comércio Exterior.

Segundo a medida, quem não aceitar ser transferido, terá que aderir a um plano de demissão voluntária, que é voluntário só no nome. “No Rio, são 16 funcionários atingidos por este PAQ. O banco quer substituí-los por 14 estagiários. Tinha até cipeiros e delegados sindicais entre os bancários que estão nesta situação. Mas o sindicato está atuando e nós já conseguimos impedir que o banco nomeasse os estagiários”, informou José Alexandre Costa, presidente em exercício do Seeb-RJ e funcionário do BB.

Os bancários também protestaram contra a falta de pagamento de vale-transporte para quem mora fora do município do Rio e contra a não remuneração dos funcionários que fazem a substituição de gerentes e comissionados. Esta situação foi imposta pelo “Pacote de Maldades” lançado em 2007 e o problema é grave no estado. Outro motivo para a manifestação o desrespeito à agenda de negociações sobre uma ação relativa à implantação de banco de horas. “A brincadeira vai acabar. Estamos começando uma grande campanha salarial, que vai juntar tudo. O ambiente no banco está muito ruim e vamos ter uma grande greve”, prevê José Alexandre.

Fonte: Seeb RJ  -  18/08/2008