Webmail

Sindicato participou de audiência na Câmara de Vereadores
29/05/2008

A diretoria do Sindicato dos Bancários de Passo Fundo e Região havia solicitado à CEBES (Comissão de Educação e Bem Estar Social), a realização de uma audiência sobre o atendimento nas agências e postos bancários da cidade.  A audiência foi realizada na noite de terça-feira, 27 de maio, e o tema central foi o não cumprimento da Lei 3424, a chamada Lei das Filas.  Bancárias e bancários da base estiveram participando da audiência, assim como representantes de outros sindicatos e movimentos sociais.

Em suas intervenções, os dirigentes do sindicato procuraram mostrar que o tempo excessivo que clientes e usuários têm esperado nas filas para o atendimento, tem relação direta com a reduzida quantidade de bancários disponíveis para atendê-los.  Os dirigentes apresentaram dados para provar que os bancos têm plena capacidade de contratar mais trabalhadores.  O crescimento contínuo dos lucros dos bancos nos últimos anos e também a arrecadação com tarifas, que já ultrapassa o gasto com a folha de pagamento de quase todos os bancos, comprovam essa capacidade.

Nosso compromisso com a defesa dos trabalhadores bancários

Durante a audiência na Câmara, os diretores do sindicato também apresentaram dados que mostram o quanto a categoria bancária tem sido vitimada por doenças ocupacionais. Eles destacaram que esse adoecimento decorre, na maioria dos casos, da sobrecarga de tarefas e da tensão e estresse a que estão submetidos os bancários diariamente.  Os diretores fizeram questão de ressaltar o compromisso da entidade com a defesa dos trabalhadores bancários.

Eles frisaram ainda que, ao buscar uma fiscalização efetiva do cumprimento da Lei 3424, por parte da Prefeitura Municipal, o sindicato procura, acima de tudo, preservar a saúde dos trabalhadores. Afinal, uma boa saúde ainda é o bem maior a que cada trabalhador almeja. E a diretoria do sindicato está convencida de que, para que isso seja possível, é imprescindível que os banqueiros contratem mais bancários.

 

Uma lei mais eficaz

 

No final da audiência, o sindicato apresentou à CEBES uma proposta de alteração da Lei das Filas atual, a Lei 3424 que vige desde dezembro de 1998. As alterações propostas passam pela redução drástica do tempo de espera nas filas e pela criação de instrumentos que possibilitem ao cliente/usuário um controle bem simples sobre o tempo de espera para o atendimento.  Assim, as denúncias de não-cumprimento da lei poderão ser encaminhadas com mais celeridade ao órgão fiscalizador.  Para o Sindicato, as alterações tornarão a lei mais eficaz.

 

Fonte: SEEB-Passo Fundo