Webmail

Caixa acumula lucro de R$ 6,7 bilhões de janeiro a setembro de 2015 e ignora novas contratações
24/11/2015

Na contramão dos resultados positivos, a Caixa Econômica Federal, que obteve nos três primeiros trimestres de 2015 lucro superior ao mesmo período do ano passado, ignora novas contratações e reduz mais de dois mil portos de trabalho em relação a setembro de 2014. Segundo dados do Dieese, entre janeiro e setembro de 2015, a Caixa acumulou lucro líquido de R$ 6,5 bilhões, crescimento de 23,3% em 12 meses. O lucro no trimestre foi de R$ 3,0 bilhões, 60,0% superior em relação ao mesmo trimestre do ano anterior e 57,0% sobre o segundo trimestre de 2015. O retorno sobre o patrimônio líquido médio anualizado ficou em 13,2%, ante 17,79% no mesmo período do ano anterior.

A Carteira de Crédito Ampliada cresceu 15,5% em doze meses, atingindo um montante de R$ 666,1 bilhões. A carteira comercial pessoa física cresceu 13,1% em relação a setembro de 2014, chegando a R$ 103,7 bilhões, com destaque para o crédito consignado, cujo saldo chegou a R$ 58,3 bilhões, com evolução de 13,1% em 12 meses. Em setembro de 2015 as operações com pessoa jurídica chegaram a R$ 94 bilhões, uma leve queda de 1,3% em relação a setembro de 2014. O crédito voltado para a habitação (com participação de 67,5% do mercado) cresceu 17,2% e totalizou R$ 375,7 bilhões.

O Índice de Inadimplência (atrasos superiores a 90 dias) apresentou alta de 0,53 p.p. em relação a setembro de 2014, ficando em 3,26%. As despesas com provisões para créditos de liquidação duvidosa (PCLD) cresceram 61,8%, chegando a R$ 15,7 bilhões.

As receitas com prestação de serviços e tarifas bancárias cresceram 12,3% e totalizaram em R$ 15,1 bilhões, enquanto as despesas de pessoal cresceram em 11,3%, com total de R$ 14,3 bilhões. Assim, a relação entre receita de prestação de serviços e tarifas e das despesas de pessoal manteve-se no período em torno de 105%.

Postos de Trabalho - Quanto ao emprego, a redução de 2.416 postos de trabalho em relação a setembro de 2014 deixa claro o forte impacto do Programa de Apoio à Aposentadoria (PAA) sobre o quadro funcional do banco. No mesmo período, a Caixa abriu 39 novas agências.

Mais empregos - Nesta quarta-feira (25), vence o prazo estabelecido pelo Ministério Público do Trabalho para a Caixa Econômica Federal apresentar cronograma de contratação dos aprovados no concurso público realizado em 2014 ou estudo em que dimensione as admissões a serem feitas até dezembro deste ano, como prevê a cláusula 50 do ACT 2014/2015, ou até junho de 2016, quando termina a validade do certame.

 

Fonte: Contraf-CUT e Dieese – 23-11-2015