Webmail

Artigo: O que a Monsanto esconde sobre os transgênicos?
08/10/2014

No artigo “O que a Monsanto esconde sobre os transgênicos?” a física e ativista ambiental indiana, Vandana Shiva, afirma que testes realizados na Índia mostraram que os transgênicos não são seguros, mas, prejudiciais ao meio-ambiente, à saúde e à economia local.  Vandana ainda revela poder de cooptação e corruptivo da multinacional estadunidense que consegue inclusive forçar a demissão de autoridades que ousam se opor ao plantio dos transgênicos

Abaixo, reproduzimos alguns trechos do artigo:

"Os transgênicos estão atolados em controvérsias pois sua introdução na sociedade é fudamentada na violação da lei, da democracia e da ciência."
 
"Na Índia, o debate começou com a introdução ilegal do algodão Bt pela Monsanto em 1998."
 
"Ele foi intensificado quando a Monsanto/Mahyco tentou introduzir a berinjela Bt em 2010. E quando o ministro do meio-ambiente da época, Jairam Ramesh, tentou suspender as plantações, ele foi tirado de seu cargo."
 
"O debate voltou quando Jayanthi Natarajan foi retirado do ministério do meio ambiente em dezembro de 2013 por ter se recusado a pactuar com o ministro da agricultura Sharad Pawar sobre os campos de transgênicos."
  
"Depois de um estudo sobre transgênicos de mais de quatro anos, o Comitê Parlamentar sobre Agricultura recomendou o banimento das colheitas transgênicas na Índia declarando que elas não teriam nenhuma função em um país de pequenos agricultores. Uma ação foi enviada à Suprema Corte pela ambientalista Aruna Rodrigues para que os campos de testes de transgênicos fossem encerrados até que avaliações independentes e um processo regulatório existisse."
 
"A Suprema Corte indicou um comitê técnico que recomendou a proibição temporária dos campos de teste de colheitas transgênicas até que o governo obtivesse regulamentação apropriada e mecanismos seguros, o que não ocorreu até hoje. Até aqui, todas as avaliações são feitas pela própria empresa e os resultados são inventados de acordo com seus interesses. Era evidente no caso que pestes como a Aphids e a Jassids estavam aumentando, mas a companhia não reportava nenhum aumento. Era claro no caso da berinjela Bt que havia impacto orgânico danoso, mas a companhia escrevia “sem impacto.” Este é o motivo pelo qual avaliações independentes são vitais para a biossegurança."
  
"O imperativo científico demanda que as recomendações dos maiores comitês científicos sejam implementadas. E o núcleo de tais recomenações se resume nos seguintes pontos:
 
— Suspensão dos campos de experimentações transgênicas: “ao examinar a segurança destes empreendimentos, ficam aparentes as brechas do sistema regulatório. Até esta correção, é aconselhavel que não sejam implementados outros campos de testes".
 
— Deveria haver também a suspensão temporária dos campos de testes em culturas de alimentos".
 
— Colheitas tolerantes a herbicidas: o comitê julga que são completamente inadequadas no contexto indiano e recomenda que os campos de testes não sejam permitidos na Índia".
 
Não há consenso sobre a segurança dos transgênicos. Tumores, falhas nos orgãos e prejuízos ao sistema digestivo já foram associados aos transgênicos por pesquisadores independentes pelo mundo todo. A Monsanto persegue todo cientista que está fazendo pesquisas independentes sobre a segurança dos transgênicos".

"A Monsanto e a indústria biotecnológica continuam promovendo a introdução de transgênicos não testados como se fossem “científicos”. Suprimir fatos não é ciência. Manipular a verdade não é ciência. Perseguir cientistas não é ciência".

"A verdadeira ciência se baseia em investigações completas e independentes dos transgênicos e sobre o impacto socio-econômico sobre pequenos agricultores, o impacto ecológico sobre o meio-ambiente, incluindo sobre a biodiversidade do solo, dos polinizadores, das plantas e o impacto sobre a saúde humana e animal."

Para ler a íntegra do artigo de Vandana Shiva, acesse http://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Meio-Ambiente/O-que-a-Monsanto-esconde-sobre-os-transgenicos-/3/31682

 

Secretaria de Imprensa e Divulgação