Webmail

Bancários param agências do HSBC em defesa do emprego em Campinas
23/04/2014

 

Os bancários das agências Centro e Amoreiras do HSBC em Campinas pararam o atendimento nesta quarta-feira (23), Dia Nacional de Luta, em defesa do emprego. Durante a paralisação, que é de 24h, os diretores do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região distribuem carta aberta aos clientes intitulada "HSBC: descaso no Brasil e no mundo".

Para o diretor do Sindicato e representante da Federação dos Bancários de SP e MS na Comissão de Organização dos Empregados (COE) do HSBC, Danilo Anderson, a paralisação de 24h é um protesto contra o processo de reestruturação imposto pelo banco inglês.

"Em reunião realizada no dia 15 deste mês de abril, o banco confirmou o fechamento de 20 agências no país. O diretor de RH, Juliano Ribeiro Marcílio, garantiu que 70% dos funcionários atingidos (142 no total) serão realocados; os demais serão analisados caso a caso. Queremos garantia do nível de emprego, diante desse desmonte promovido pelo HSBC. Temos que deixar claro nossa disposição de luta. Exigimos respeito, valorização", disse.


Fonte: Contraf-CUT com Seeb Campinas - 23/04/2014